Angola em foco

 

Recebi da minha amiga Tania Scofield, que no momento reside em  Angola, a foto que publico abaixo; a imagem, segundo Tania, é bem representativa desse país e de seu povo. O flagrante é de Lobito, uma cidade portuária que fica ao sul de Luanda. Uma cidade bonita, limpa, urbanizada, bem diferente de Luanda (cujo caos não deixa de ser interessante!).

A foto foi realizada em um período de seca, o chamado “Cacimbo” (são quatro meses sem chuva e paraticamente sem sol) e como se pode perceber o cenário é meio monocromático, o que contraste com o colorido das roupas das mulheres africanas. Para a fotógrafa, tudo é muito diferente e bonito.

 

Muito obrigada pela colaboração, Amiga!

Mudando de ares

 

Foto: Leni David

Hoje a neve sumiu, derreteu! A temperatura subiu um pouco (4 graus) e à tarde fomos levar nossa filha à estação, onde  ela embarcou em um trem para Paris. Aproveitamos para fazer um passeio em Issoire, uma pequena e charmosa cidade localizada perto de Clermont Ferrand.

Foto: Leni David

Depois do supermercado, questões de sobrevivência e de gulodices, nada melhor do que flanar um pouco pelas avenidas, saborear uma Chausson aux pommes e apreciar as luzes do Natal, que também vão iluminar o Ano-Novo.

 

Foto: Leni David

Domingo

 

Foto: Leni David

Notícias

Não tenho muitas novidades para contar, pois hoje passei a manhã na cozinha preparando o almoço; convidei  os familiares. O menu foi simples, mas diversificado: uma salada como entrada,  assado (com jeito brasileiro) acompanhado de espaguete ao pesto –receita italiana que aprendi com Admar, e como sobremesa uma torta de maçã com canela e açúcar, receita alemã. Para acompanhar, duas deliciosas garrafas de Château Peygontier 1997 (Bergerac Rouge), que guardei carinhosamente durante dez anos. Nos divertimos muito e saímos da mesa por volta das 15.30h.

Foto: Leni David

Mas a melhor surpresa foi descobrir, por volta das 10h da manhã, que a temperatura estava em 10 graus negativos, que o céu estava azul e que o sol brilhava. A paisagem continua branca e com  o contraste do azul do céu e os raios de sol ficou muito bonito. Para dar uma ideia publico algumas fotos:

 

Natal

 

 Foto: Leni David

O Natal tem como símbolo o nascimento de um menino. O nascimento de uma criança representa alegria, felicidade, ternura e muito amor. Nesse Natal estou a muitos quilômetros de distância da minha família biológica; sinto saudades, mas não posso me queixar, pois desfruto do carinho da minha  família por adoção.

Foto: Leni David

Confesso que me sinto novamente criança, ao improvisar uma árvore de Natal com garrafas vazias de água mineral, ou ao fotografar o pinheirinho, de verdade, ornamentado por minha sogra; ao observar a coroa natalina, comprada há muitos anos, enfeitando a porta de entrada da casa. Isso tudo sem esquecer dos presentes, dos prazeres da mesa, dos chocolates e vinhos.

Foto: Leni David

Estou feliz e quero agradecer os votos que recebi, retribuir calorosamente a todos e desejar às minhas famílias, a todos os amigos e a todos os leitores do blog, um Natal de paz, branco como a neve que cobre a paisagem francesa, colorido como as luzes que iluminam o Natal, generoso e brilhante como o sol que ilumina o Brasil.

Feliz Natal! 

Joyeux Noel!

Boas Festas!

Bonnes fêtes!

 

Quase Natal

 

Foto: Leni David 

Estou no centro da França, na montanha, rodeada de neve por todos os lados! Partimos de Paris no dia 21, no início da tarde; quatro horas mais tarde chegávamos ao destino: a simpática região conhecida como Auvergne, no Maciço Central.

 

Ontem, dia 20, a tarefa mais difícil foi esquentar a casa e descansar. Hoje fomos dar uma volta, mas esqueci a máquina fotográfica em casa. As fotos do post foram feitas com telefones celulares; assim, além da qualidade ruim, havia a neblina que cobria tudo.

 

O mais importante, porém, é que agora tenho um modem 3G (ganhei de presente), o que facilita a comunicação, visto que no village onde estamos não tem banda-larga. Mas a intenção é o que vale!

Amanhã darei notícias!

 

Obs. Esse post foi feito ontem à noite, mas na hora de publicar o Blog saiu do ar. Fui dormir frustrada!

Hemisfério Norte – Frio e Neve

 

Saímos da  Bahia no dia 16 de dezembro um pouco antes da meia-noite; chegamos em Paris  por volta das 16.30h do dia  17. Já sabíamos que o Natal e o  Ano-Novo  seriam frios, mas a gente só se dá conta, de verdade,  quando sente o nariz e as mãos geladas.

Ainda no avião fotografamos o sul de Paris e pelas fotos pode-se constatar que a França estava branca, branquinha, parecendo um bolo de noiva. As fotos que seguem foram feiras no dia 17, no final da tarde, quando nos aproximávamos de Orly.

Foto: Leni David

No aeroporto a nossa filha nos esperava; depois dos beijos e abraços  recheados pela saudade e pelo prazer da chegada, já dava para pressentir o que nos aguardava do lado de fora. Além do frio (2 graus negativos), a neve caía generosa, embranquecendo tudo!  Felizmente chegamos em casa, sãos e salvos.

Pelas ruas fui fotografando as luzes do Natal e a neve que caía; tudo bonito e alegre, diferente e aconchegante, apesar do frio, pois o coração estava quente, feliz.

 

 

Você quer passear em Paris?

Foto: Leni David

Você  já conhece Paris? Você deseja conhecer a “cidade luz”? Ou está planejando uma viagem? 

Seja qual for a resposta, a solução está em suas mãos: basta ligar o seu computador e acessar o site paris-26-gigapixels ! Você pode passear pela cidade, apreciar e conhecer a história dos principais monumentos, sonhar, sorrir, como se estivesse sobrevoando, apreciando a paisagem de uma janela privilegiada. Trata-se de uma fotografia panorâmica da cidade, com uma qualidade extraordinária (definição de 26 GigaPixels).

Quer experimentar? Então clique aqui!

 

Site: ParisGigaPixels