Maria Rita canta Pagu

 

 

Pagu

Mexo, remexo na inquisição
Só quem já morreu na fogueira sabe o que é ser carvão
Eu sou pau pra toda obra, Deus dá asas à minha cobra
Minha força não é bruta, não sou freira nem sou puta
Porque nem toda feiticeira é corcunda, nem toda brasileira é
bunda
Meu peito não é de silicone, sou mais macho que muito homem
Nem toda feiticeira é corcunda, nem toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone, sou mais macho que muito homem
Sou rainha do meu tanque, sou pagu indignada no palanque
Fama de porra-louca, tudo bem, minha mãe é Maria ninguém
Não sou atriz, modelo, dançarina
Meu buraco é mais em cima
Porque nem toda feiticeira é corcunda, nem toda brasileira é
bunda
Meu peito não é de silicone, sou mais macho que muito homem
Nem toda feiticeira é corcunda, nem toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone, sou mais macho que muito homem
.

 

Homenagem a Lupicínio Rodrigues

 

Lupicínio Rodrigues, que faria 100 anos hoje, dia 16 de setembro, compositor famoso, conhecido como o criador  da “dor de cotovelo”,  canta um pout-pourri de músicas compostas por ele (“Ela disse-me assim”, “Vou brigar com ela” e “Nervos de aço”) no programa “Sambão” de Elizeth Cardoso em 1973, na TV Record.

.