Souvenirs d’une nuit d’hiver

Leni David

A minha madrugada nessa noite insone
tem cor de tulipas vermelhas
e sabor de vinho quente.

a minha solidão nessa noite fria
lembra a melodia
de uma canção antiga.

O meu espaço está impregnado
de cores, cheiros
e sons difusos.

Existo
Numa bem-aventurada solidão

Paris, junho de 83

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>